segunda-feira, setembro 04, 2006

Primeiro dia no colégio...


Lá fomos hoje levar o Gonçalo pela primeira vez ao colégio. Gostei muito da salinha aonde ele vai ficar, tudo muito colorido, muitos brinquedos ao alcance, livros, e uma música de fundo bem alegre. O pior foram os miúdos que começavam hoje pela primeira vez. Distinguiam-se logo os que já vinham do ano passado, a chamarem pelos nomes uns dos outros, a começarem logo a pegar nos brinquedos, a brincarem juntos.
Os outros... cada um ficava no seu canto, caladinhos, a observar, alguns a brincar timidamente sozinhos... Muitos desses a chorarem, a educadora e a auxiliar não paravam se andar ora com uns ora com outros ao colo, a tentar consolá-los, a levar com que eles se distraissem.... Lá levei o Gonçalo a interessar-se por uns carrinhos e fomos brincar para a mesa... Lá consegui ás tantas que eles se sentasse e a ver se ele se distraia com os brinquedos. Primeiro sai eu e ficou o pai... Mas ele notou e não parava de me chamar... Ás tantas com os outros pais a entrar e a sair ele lá me viu e lá tive de voltar para a sala. Depois saiu o pai e fiquei eu... Tudo bem, sossegadinho apesar de não me querer largar a mão. Ás tantas, com a conversa da auxiliar e com a ajuda de um menino lá consegui vir-me embora da sala. Mas ele logo deu conta, logo começou a choradeira e ouvia-o gritar lá dentro a chamar "mãe, ""mamã"... quase que desabava eu ali mesmo. O meu pai encontrava-se cá fora e ficou a espreitá-lo pela janela.... Fui-me embora , aproveitar e fui tratar de algumas coisas, ir ao banco, ás compras, sempre de olho no relógio...
Quando voltei, cerca de 2 horas depois... já cá estava fora o meu pai e a minha mãe, que o tinham ido buscar antes de mim. Pelos vistos o meu pai foi tão preocupado para casa, que o Gonçalo estava a chorar, não parava de chamar a mãe e a avó, que estava muito nervoso, que quando chegou a casa a minha mãe lá lhe disse para o irem buscar "tadinho do menino"... Eu tabém já estava com o coração aos saltos quando o fui buscar...
Já tinha estado na catina com os outros meninos mas não quis comer nada, diz a educadora que se recusou a provar sequer a comida. Vai ser lindo vai, por este andar vai-me andar o dia todo com fome... e logo ele que não diz a ninguém que tem fome... mesmo que tenha.. Agora já comeu, fartou-se de falar nas meninas e nos meninos e nas brincadeiras, diz que quer ir outra vez... Talvez bom sinal... Amanhã veremos. Pode ser que a reacção seja melhor...

1 comentário:

Henriques disse...

Mais uma etapa! Mais uma fase espectacular, agora todos os dias são coisas novas :) Tudo de Bom e boa escolinha